sexta-feira, dezembro 01, 2006

Mudei... de novo!

Pois é, o Blogger não muda para o modo Beta então eu resolvi mudar por mim mesma!
A partir de hoje o Mil Pontinhos está com novo endereço, anotem aí:
http://milpontinhos1.blogspot.com/
Não mudou muita coisa, somente acrescentei o número 1 ao nome.
O Blogger Beta tem mais recursos de edição que o antigo, então, vamos aproveitar tudo rsss..
Não esqueçam de atualizar seu book mark!

Beijos!

quarta-feira, novembro 29, 2006

Art to Heart

Demorei mas finalmente ele saiu! AGora contamos com um espaço para as amantes do trabalho da Nancy da Art to Heart, se você gosta, tem que participar rsss...
http://arttoheartstitch.blogspot.com/

Um ótimo dia para vocês!

segunda-feira, novembro 27, 2006

Serial Quilter


Obra: Trabalho de FormiguinhasAutora : Maria Cecília Mora (Cíça)

Tem coisa que é legal, tem coisa que é super legal! (parodiando o chef Alan do Don Pepe di Napoli), fiquei muito feliz pela notícia hoje na comunidade do Orkut de patch sobre o terceiro lugar da Ciça no festival de Patchwork de Gramado. A Ciça não me conhece pessoalmente, só virtualmente, mas, eu adoro o trabalho dela. Principalmente pela sua dedicação e criatividade sempre. Então, deixo aqui o link do Blog que está iniciando já colecionando alguns prêmios desta pessoa talentosa, tenho a certeza que você vai se apaixonar pelo estilo da Ciça, no meu ponto de vista simples mas intensamente rico! Obrigada Ciça por compartilhar tão belo trabalho, pensando bem, o patchwork ainda tem salvação para nós designers!
Serial Quilter

sexta-feira, novembro 24, 2006

Não é tarde para fazer patch para o Natal...


(Mini Quilt Nativity from Patchwork and Paint)

Se você não pretende planejar algo complicado, cheio de detalhes e que ocupe muito seu tempo, você tem ainda possibilidades para fazer pequenos presentes e decorações para o Natal. É só dar uma procuradinha na sua loja favorita de Patchwork, nas revistas antigas e você encontrará muitas coisinhas para fazer e que não ocuparão seu precioso tempo.
Procure utilizar tecidos já impressos com alusões natalinas. Você pode utilizá-los para fazer pequenas almofadas, painéizinhos, jogos americanos, luvas, pegadores de panela com aplicações que não precisam ser costuradas utilizando o heat bond (forte). Então, você poderá quiltar a mão ou à máquina em torno destas aplicações para dar aquele efeito estofadinho.
Para enfeitar ainda mais seus pequenos painéis, utilize contas, botões ou outros adornos.
Veja o exemplo deste pequeno painel criado pela Art to Heart, do pattern "Silent Night". A ovelha tem um laço de palha da costa com um pequeno guizo, o menino Jesus tem um pequeno tufinho de cabelo. Na borda de dentro foi utilizado um tecido bem natalino e na borda de fora outro tecido quadriculado de vermelho e dourado. Este pequeno painel mede aproximadamente 9" x 10 1/2 ".
Outra boa dica é costurar postais de tecido (creio que aqui no Brasil não possamos enviar os postais por serem de tecido, mas você pode costurá-los e enviá-los em um pequeno envelope como se fosse um cartão de natal). No site Fabric Postcards você encontra um PDF com alguns modelos de postais em tecido. É só imprimir, costurar e enviar para quem você ama ou aprecia!
Se você receber alguns postais de tecido você pode arrumá-los em uma parede como pequenos quadros ou pendurá-los em sua árvore de Natal se ela for grande.
Enfim, ainda dá tempo de costurar.... happy sewing!

quarta-feira, novembro 22, 2006

Jornalzinho de Patchwork

No próximo dia 8 de Dezembro receberei a última edição do Jornalzinho de Patchwork da Milla. Tive a oportunidade de assiná-lo por duas vezes, mas, com os revézes da vida, a Milla não estará mais disponível para nós, quilters brasileiras, ávidas pela ótima informação vinda de um canal tão importante , cheio de informações como é o Jornalzinho dela. Tantos meses recebendo em meu e-mail por uma quantia irrisória de assinatura pela quantidade de informação que tínhamos: links, festivais, passo a passo de trabalhos, depoimentos, distribuição de brindes e tantas outras informações sobre o patchwork vindos de fora totalmente em português com textos muito explicativos. Apesar de não participar das trocas e cestas, acompanhei pelo jornal todos os trâmites.
Perdemos um importante veículo para nós quilters brasileiras por puro desinteresse da categoria em nosso país de manter o patchwork como ele realmente o é: uma união de retalhos, de amor, respeito (principalmente isto) valorização do que é nosso.
Quem sabe um dia saibamos encontrar este valor . Quem sabe um dia muitas pessoas iguais a Milla possam compartilhar seu conhecimento (conhecimento real e não scanner ou xerox) em um país com outros olhos para o patchwork, pois ainda estamos bem cegas para sua real proposta.
Aprendi com sua convivência a respeitar ainda mais o próximo pelos seus reais valores e não pela quantidade de revistas ou outras coisas que uma pessoa possa acumular na vida, e o pior de tudo, distribuir ou vender em benefício próprio explorando terceiros.
Obrigada Milla por todas as edições dedicadas a nós com tanto carinho! Vou sentir muitas saudades de receber em meu e-mail o Jornalzinho de Patchwork!
Um grande beijo para vocês!